(31) 3272-9865 sindibel@sindibel.com.br

Área

Legislação Específica


04

Dezembro

Notícia

Nota de esclarecimento: Guarda Civil Municipal

🚨ATENÇÃO, SERVIDORES DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL 👮‍♀👮‍♂
 
Na tarde da última terça-feira (03) foi realizada reunião entre o Comandante da Guarda Municipal de BH, Rodrigo Sérgio Prates, o Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis, a Subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda Neves, e integrantes do Núcleo da Guarda Municipal.
 
O presidente do SINDIBEL não foi informado oficialmente da realização dessa reunião, sendo avisado apenas 15 minutos antes do início por representantes do Núcleo da Guarda Municipal e pelo Comandante Prates.
 
Considerando que o sindicato não participou da reunião, entendemos que o que foi tratado não tem caráter oficial no processo de discussão da pauta específica da Guarda Civil Municipal que vem sendo tratada com o SINDIBEL, a partir de deliberações de assembleias da categoria.
 
No início da noite de ontem (03), o presidente do SINDIBEL, em contato telefônico com a subsecretária Fernanda Neves, manifestou seu questionamento pela quebra do processo institucional de negociação com a entidade que representa legalmente os servidores da Guarda Civil Municipal.
 
O presidente do SINDIBEL solicitou uma reunião, em caráter de urgência, para tratar da pauta específica da Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte.
 
Na manhã desta quarta-feira (04), deu-se início um movimento espontâneo de insatisfação dos integrantes da Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte tanto em referência ao que foi discutido na reunião ocorrida na terça-feira (03) quanto pelas condições de trabalho que estão submetidos os trabalhadores.
 
Em novo contato do presidente do SINDIBEL com a subsecretária Fernanda Neves, foi informado que a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão e a Subsecretaria de Gestão de Pessoas irão se reunir com o presidente do SINDIBEL e com o Núcleo da Guarda Municipal até terça-feira (10), no máximo, para dar uma resposta efetiva sobre as demandas que estão colocadas.
 
Foi ponderada pela subsecretária Fernanda Neves que algumas definições serão tomadas com o prefeito Alexandre Kalil para serem comunicadas posteriormente a categoria.
 
Diante disso, apesar de entender que o movimento de guardas iniciado na manhã desta quarta-feira (04) demonstra claramente a insatisfação dos trabalhadores, consideramos, em razão da disposição do governo em manter o processo de negociação com definição até no máximo terça-feira (10), ser recomendável convocar assembleia geral da Guarda Civil Municipal na quarta-feira (11), às 9 horas, na Praça da Estação.🚨

Últimas notícias