(31) 3272-9865 sindibel@sindibel.com.br

Área

Legislação Específica


23

Janeiro

Notícia

SINDIBEL e Guarda Municipal juntos contra o assédio sexual às mulheres

Diretoras do SINDIBEL fizeram campanha de combate à importunação sexual no transporte coletivo nesta terça-feira, 22, no Hospital Odilon Behrens (HMOB). A diretora da área da Guarda Civil Municipal, Patrícia Flávia, a diretora da saúde, Andreza Conrade, e a GM, também uma das coordenadoras da campanha, Jane Idresia, abordaram as servidoras e usuárias do hospital com o intuito de explicar sobre a campanha da PBH, que tem a guarda municipal, atuando na conscientização e combate ao assédio sexual às mulheres nos ônibus e metrô de Belo Horizonte.

Considerada crime com pena prevista de um a cinco anos de prisão, conforme a Lei 13.718/18, a importunação sexual se configura por atos sem o consentimento da vítima: apalpadas, comentários ou piadinhas de cunho sexual, encoxadas, entre outros.

Caso passe por alguma situação dessas, não se sinta envergonhada, e denuncie. Há três canais para denúncia: 153 (Guarda Municipal), 190 (Polícia Militar) e 9 9999 1108 (denúncia de importunação no metrô por SMS ou WhatsApp). Nos ônibus da capital, já existe um botão – canal direto com a GM – no qual o próprio motorista, ao ser avisado pela vítima, aciona para que uma viatura mais próxima vá até o local e aborde o agressor.

Últimas notícias